NOTAS DO KITAB-I-AQDAS

SINOPSE E

CODIFICAÇÃO DAS

LEIS E PRECEITOS DO

KITAB-I-AQDAS

RESUMO DO CONTEÚDO

NOTAS

128. O Sadratu’l-Muntaha # 100

Literalmente “a mais distante Lote da Árvore”, traduzido por Shoghi Effendi como “a Árvore além da qual não há passagem”. Isso é usado como um símbolo no Islã, por exemplo, nas descrições da Viagem da Noite de Muhammad, para marcar os pontos nos céus além dos quais nem homens nem anjos podem passar em sua aproximação a Deus, e, portanto, para delimitar os limites do conhecimento divino como revelado à humanidade. Portanto é muitas vezes usado nas Escrituras de Baha para designar a Manifestação do Próprio Deus. (Ver também a nota # 164).

 

159. O Ponto de Bayan. # 140

Um dos títulos de Bab.

160. Em verdade, não há nenhum outro Deus além de Mim. # 143

As Escritas de Baha contêm muitas passagens que elucidam a natureza da Manifestação e a Sua relação ao Deus. Baha’u’llah sublinha a natureza única e transcendente da Divindade. Ele explica que “desde que não pode haver nenhum laço do intercurso direto para atar Ó único e verdadeiro Deus com A sua criação”, Deus ordena que “em todas as épocas e revelação uma Alma pura e imaculada seja feita manifesta nos reinos da terra e do céu”. Este “Ser misterioso e etéreo”, a Manifestação de Deus, tem uma natureza humana que pertence ao “mundo da matéria” e a natureza espiritual “nascido da substância do Próprio Deus”. Ele também é dotado com uma “estação dupla”:

A primeira estação, que está relacionado à sua realidade mais íntima, representa-Ó como Um cuja voz é a voz do Próprio Deus… A segunda estação é a estação humana, exemplificada pelos seguintes versos: “Eu sou apenas um homem como você”. “Diga, louvado seja o meu Senhor! Sou eu mais do que um homem, um apóstolo?”.

O Baha’u’llah também afirma que, no reino espiritual, há uma “unidade essencial” entre todas as Manifestações de Deus. Todos eles revelam a “Beleza de Deus”, manifestam Seus nomes e atributos, e dão a elocução à Sua Revelação.

A este respeito, ele afirma:

Foram algumas das Manifestações de Deus Todo-Abrangente para declarar: “Eu sou Deus”, Ele, em verdade, fala a verdade, e sem dúvida anexada à mesma. Por isso tem sido repetidamente demostrado que através de sua Revelação, seus atributos e nomes, a Revelação de Deus, Seus nomes e Seus atributos, são feitas manifestas no mundo…

Enquanto as Manifestações revelam os nomes e atributos de Deus e são os meios pelos quais a humanidade tem o acesso ao conhecimento de Deus e Sua Revelação, Shoghi Effendi afirma que as Manifestações devem “nunca… ser identificado com essa Realidade invisível, a própria Essência da Divindade”. Em relação à Baha’u’llah, o Guardião escreveu que “o templo humano que tem sido o veículo de modo tão avassalador à Revelação” não deve ser identificado pela “Realidade” de Deus.

No que diz respeito a singularidade da estação de Baha’u’llah e a grandeza de Sua Revelação, Shoghi Effendi afirma que os enunciados proféticos acerca do “Dia de Deus”, encontrado nas Escrituras Sagradas de Dispensações passadas, são cumpridas pelo advento de Baha’u’llah:

Para Israel, Ele foi nem mais nem menos do que a encarnação do “Pai Eterno”, o “Senhor da Multidão” descido “com dez mil santos”; a cristandade Cristo retornado “na glória do Pai”; para o Islã Xiita o retorno do Imam Hussein; para Islamismo Sunita a descida do “Espírito de Deus” (Jesus Cristo); para os Zoroastristas o prometido Shah-Bahram, para os Hindus a reencarnação de Krishna; para os Budistas o quinto Buddha.

Baha’u’llah descreve a estação da “Divindade” que Ele compartilha com todas as Manifestações de Deus, como… A estação em que cada um morre para si e vive em Deus. Divindade, sempre que eu mencionar isso indica a Minha completa e absoluta auto-obliteração. Esta é a estação em que eu não tenho controle sobre a minha própria felicidade ou desgraça, nem sobre a minha vida, nem sobre a minha ressurreição.

E, em relação a Seu próprio relacionamento com Deus, ele testemunha:

Quando Eu contemplo, O meu Deus, a relação que me ata a Ti, Eu sou impelido a proclamar a todas as coisas criadas “na verdade Eu sou Deus”; e quando Eu considero meu próprio ser, veja, Eu encontro-o mais grosso do que a argila!

164. Lote da Árvore Sagrada # 148

O “Lote da Árvore Sagrada” é uma referência ao Sadratu’l-Muntaha, a “Árvore além da qual não há nenhuma passagem” (ver a nota # 128). É usado aqui simbolicamente para indicar Baha’u’llah.

172. O “Seis” levantado em virtude deste “Alif Vertical” # 157

Em seus escritos, Shaykh Ahmad-i-Ahsa’i colocou grande ênfase nas letras árabe “VAV”. Nos Dawn-Breakers, Nabil afirma que estas letras “simbolizava para o Bab o advento de um novo ciclo da Revelação Divina, e desde então abordado por Baha’u’llah em Kitab-i-Aqdas tais passagens como ‘o mistério da Grande Inversão’ e ‘O Sinal do Soberano’”.

O nome da letra “Vav” é composto de três letras: Vav, Alif, Vav. De acordo com os cálculos de Abjad, o valor numérico de cada uma destas letras é 6, 1 e 6, respectivamente. Shoghi Effendi, em uma carta escrita em seu nome a um dos fiéis no Oriente fornece uma interpretação deste versículo do Aqdas. Ele afirma que o “Alif Vertical” se refere ao advento de Bab. A primeira letra com seu valor de seis, que vem antes do Alif, é um símbolo de Dispensações anteriores e Manifestações que precedem o Bab, enquanto a terceira letra, que também tem o valor numérico de seis, representa a Suprema Revelação de Baha’u’llah que foi feita manifesta depois de Alif.

176. Ó Terra de Kaf e Ra! # 164

Kaf e Ra são as duas primeiras consoantes de Kirman, o nome da cidade e província do Irã.

185. A Escola de Transcendente Unicidade # 175

Neste verso e os que imediatamente o seguem, Baha’u’llah confronta uma das razões pelas quais alguns dos Babis rejeitaram Sua afirmação de ser o Prometido do Bayan. A rejeição deles foi baseada em um Tablet endereçado por Bab para “Ele Que será feito manifesto” ao lado avesso de que o Bab tinha escrito: “Que os olhares Daquele Quem Deus haverá de tornar manifesto ilumine estas letras da escola primária”. Este Tablet é publicado na Seleção dos Escritos de Bab.

Estes Babis sustentaram que, uma vez que o Baha’u’llah fora dois anos mais velho do que o Bab, não seria possível que Ele recebesse este Tablet “na escola primária”.

Baha’u’llah aqui explica que a referência é a eventos que transpiram nos mundos espirituais para além deste plano de existência.

186. Aceitamos os versículos de Deus… que Ele apresentou para Nós. # 175

Em Seu Tablet endereçado ao “Aquele Que será feito manifesto”, o Bab caracteriza os Bayan como oferecendo Ele para Baha’u’llah. Veja as Seleções dos Escritos de Bab.

19 pensamentos sobre “NOTAS DO KITAB-I-AQDAS

  1. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T38 | GOD UNION

  2. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T13 | GOD UNION

  3. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T35 | GOD UNION

  4. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T17 | GOD UNION

  5. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T30 | GOD UNION

  6. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T31 | GOD UNION

  7. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T32 | GOD UNION

  8. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T33 | GOD UNION

  9. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T34 | GOD UNION

  10. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T36 | GOD UNION

  11. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T37 | GOD UNION

  12. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T39 | GOD UNION

  13. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T40 | GOD UNION

  14. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T42 | GOD UNION

  15. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T41 | GOD UNION

  16. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T44 | GOD UNION

  17. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T45 | GOD UNION

  18. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T46 | GOD UNION

  19. Pingback: NOTAS DO KITAB-I-AQDAS – T47 | GOD UNION

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s